O CAMPO GEOMAGNÉTICO E OS SERES VIVOS

Ir em baixo

O CAMPO GEOMAGNÉTICO E OS SERES VIVOS

Mensagem  Mestre Gnomo em Dom Jun 22, 2008 1:42 am


Imagine que, por um incidente, você vá parar no meio de uma mata desconhecida, onde não há ninguém. Você está sem uma bússola e o céu está totalmente nublado. A única coisa que você sabe é que a cidade mais próxima fica na direção Sul. Mas como identificar a direção nessa situação?


Toda essa circunstância não é problema para muitos dos seres vivos que habitam esse planeta, inclusive o homem, que neste caso poderia utilizar os “sensores magnéticos” que possui. Tudo indica que esses sensores são constituídos por nanopartículas de óxidos de ferros, como a magnetita, presentes em muitos dos seres que habitam nosso planeta.


Há não muito tempo, a ciência vem fazendo descobertas sobre a ação dessas nanopartículas em alguns animais, descobrindo que elas devem ser um dos fatores que contribuem para o mecanismo de orientação, em geral junto a outros, como orientação solar, luz polarizada, feromônios. Só que este mecanismo de orientação é magnético, baseado na influência que o campo magnético terrestre tem sobre todos os seres vivos.


No caso de algumas bactérias aquáticas, primeiros seres onde esse material foi observado, e que são organismos unicelulares, eles são produzidos no interior do citoplasma. O estudo desse mecanismo de orientação magnética, a magnetotaxia, teve início há pouco mais de 30
anos, inclusive no Brasil. Estas bactérias, chamadas magnetotácticas, utilizam esses minerais magnéticos para se orientarem na direção do campo magnético da Terra, de forma passiva. Ou seja, é como se as bactérias fossem “bússolas biologicas” que se orientam na direção do campo da Terra. Esse campo é diferente nos dois hemisférios, tal que existem dois tipos de bactérias: as tipo Sul e as tipo Norte, que se adaptaram ao meio onde vivem e que sempre nadam para o fundo das águas. Segundo as pesquisas essa orientação garante sua sobrevivência, pois se nadarem no sentido contrario morrerão, já que encontrarão um ambiente desprovido de nutrientes e com muito oxigênio (superfície das águas).


Outros grupos também levariam vantagem se estivessem na situação descrita no primeiro parágrafo: os insetos sociais – como abelhas, vespas, cupins e formigas; os pássaros – como o pombo correio; os mamíferos – como as tartarugas, baleias, etc. Esses animais também possuem mecanismo de orientação magnética, só que mais complexo, envolvendo sistema nervoso, cérebro; neste caso, trata-se de uma resposta ativa.


Em muitos dos animais já estudados, também foram encontradas nanopartículas de material magnético produzidas pelo próprio organismo animal. Mesmo sendo esta área de pesquisa recente, o fenômeno da migração é conhecido há séculos, como relatada por Platão em pássaros.

Porém, o fenômeno não era, e ainda não é, entendido. Um exemplo é a migração dos pássaros em certas épocas do ano para determinadas regiões, e o seu retorno quando as condições se tornam melhores para a sobrevivência. Ou ainda o das tartarugas, que migram pelo oceano em baixo da água. Essa área de estudo é conhecida como magnetorecepção –
estudo da influência do campo magnético sobre os seres vivos.


No Brasil, há poucos pesquisadores debruçados sobre esse tema, entre eles a física Darci M. S. Esquivel, do Departamento de Matéria Condensada e Espectroscopia, do Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas (CBPF). Segundo Darci, o grupo que ela integra é o único no Brasil atualmente estudando o magnetismo em insetos sociais.


As pesquisas desse grupo têm como objetivo medir as propriedades físicas das partes do corpo de insetos, em especial em algumas espécies de abelhas, cupins e formigas, tendo em vista entender a magnetorecepção. Entre essas propriedades estão: o tamanho, a identificação do material, a magnetização, como eles se organizam dentro desses animais, onde são encontrados, em que local magnético são encontrados e se isso influencia a formação deste material magnético. Experiências de comportamento nesses insetos complementam estas medidas.
avatar
Mestre Gnomo
Admin
Admin

Masculino
Número de Mensagens : 136
Idade : 39
Localização : Brasil
Data de inscrição : 19/06/2008

Ver perfil do usuário http://novaera.1talk.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum