O Escorpião Rei

Ir em baixo

O Escorpião Rei

Mensagem  Mini johw em Ter Jun 24, 2008 3:06 pm

O REI

O Rei Escorpião, Serket, conhecido através do filme com o mesmo nome, é uma figura do Antigo Egipto, com alguma controvérsia quanto à sua suposta existência. As figuras e referências a este rei do Egipto pré-dinástico não chegam para provar a sua existência.
Os egiptólogos têm longamente debatido esta questão. Alguns pensam mesmo que “Escorpião” foi o mais antigo nome da figura identificada nas fontes históricas como o primeiro chefe do Egipto unificado, o rei Menes.
Em 1898, durante as suas escavações no templo de Hierakompolis, foi descoberta uma grande clava que mostra um rei com a coroa do Alto Egipto. Esse rei tem na sua frente uma flor e por baixo um grande escorpião a identificá-lo. Juntamente com essa grande clave descobriu-se uma outra mais pequena que, segundo especialistas, mostra o mesmo Rei Escorpião sentado num trono com a coroa do Baixo Egipto, tendo na sua frente um falcão a atacar um inimigo.
Recentemente, arqueólogos alemães escavando em Abydos, onde os primeiros reis do Egipto unificado foram enterrados, descobriram uma grande tumba, onde muitos dos jarros encontrados tinham o símbolo do escorpião. Estas novas evidências passaram a fazer parte do debate. Contudo, os nomes dos mais antigos reis do Egipto estavam escritos numa forma rectangular (serekt) símbolo do palácio real, e não escritas com o símbolo do escorpião.
Muitos modelos de escorpião foram encontrados no templo em Hierakompolis. O escorpião cravado na cabeça do macete é mostrado com uma pequena cavilha, pela qual pode ter sido ajustado a um ceptro. Neste caso pode significar alguma coisa mais do que um nome pessoal, podia ter sido um símbolo de poder.
Um casal de estudiosos norte-americanos, afirmam ter encontrado o mais antigo registo escrito humano, com 5.250 anos de idade, ou seja de cerca de 3.250 a.C. num oásis egípcio.
Os desenhos estilizados, feitos numa placa calcária de 50 cm de comprimento, que podem confirmar o Egipto como um dos berços da escrita, trazem indícios sobre um monarca mítico, o Rei Escorpião.
O desenho relataria, de acordo com os egiptologos americanos, o retorno do Rei Escorpião à cidade Abydos, depois de vencer um rival em Naqada. A identificação do mítico rei foi feita porque a imagem estilizada de um falcão aparece sobre um escorpião no texto. A ave é o símbolo do deus Horus (que tem a cabeça de um falcão) e era usado como sinónimo de rei pelos egípcios.
Mesmo com estas evidências, a maior parte dos cientistas continua séptica quanto à possível existência do Rei Escorpião, aguardando o aparecimento de mais provas conclusivas, contudo, não nega a possibilidade.
No caso do Rei Escorpião, também designado por Horus Serek, ter sido mais do que uma lenda, terá sido um soberano e guerreiro, que reinou entre cerca de 3150 e 3100 a.C., no fim da época pré-dinástica, quando o Egipto ainda não estava unificado.
O Egipto desse tempo estava dividido em duas regiões, o Baixo Egipto, no delta do Nilo e Alto Egipto, as terras do deserto.
O Rei Escorpião teria pertencido ao Alto Egipto, por isso a sua coroa branca. Poderá também ter sido durante o seu reinado que o reino do Alto Egipto, começou a expandir as suas fronteiras em direcção ao Baixo Egipto, o que pode explicar o aparecimento do rei, também, com a coroa vermelha do Baixo Egipto. Neste caso teria sido o Rei Escorpião o primeiro a tentar a unificação do Egipto num só reino, antes de Menes.

O ESCORPIÃO
avatar
Mini johw
Aluno
Aluno

Masculino
Número de Mensagens : 67
Idade : 22
Localização : Brasil
Data de inscrição : 23/06/2008

Ver perfil do usuário http://www.orkut.com.br/Community.aspx?cmm=32271992

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum